Foguetes Experimentais

 

A constução de um foguete amador é relativamente simples, porém muito perigoso, o combusível utilizado para fazer o "propelente" é o açúcar, isso mesmo, o açúcar é um excelente combustível, que se utilizado com um bom oxidante, resultará em um ótimo propelente para foguetes.

O oxidante utilizado é o nitrato de potássio, encontrado em lojas de agricultura, adubos, até mesmo no mercado livre, e o ideal é com fator NPK 14-00-45, ou próximo disso, o modelo krista-k é excelente.

A proporção da mistura do açúcar e o nitrato de potássio é de 65% nitrato para 35% de açúcar, isso em peso, não em volume.

O açúcar ideal é o de confeiteiro encontrado em supermercados, onde ele é super-fino, mas na falta dele, pode ser açúcar refinado e batido no liquidificador, quanto mais fino melhor, o mesmo para o nitrato, bata ele no liquidificador, importante não bater eles já misturados, bata separadamente.

Coloque tudo em uma panela, e leve ao fogo, e com uma colher de pau, vá mexendo sem parar e não deixe queimar, nem escurescer muito (quanto mais claro, melhor), até eles se dissolverem e virar uma substancia única e pastosa, onde vc irá rapidamente despejar nas formas antes que seque e fique duro.

Feito o "grao", basta coloca-lo no motor do foguete, veja figuras:

(foto retirada do site: http://www.nakka-rocketry.net/ um ótimo site sobre o assunto)

No site acima, tem diversos modelos de como fazer um motor de foguete, basta seguir as mesmas proporções que dará certo. Veja um motor B-200 que eu fiz:

Para a ignição, basta um resistor de 22R colocado na parte de cima do foguete e encostado no "grao" e ligar em 12V até ele "fritar", isto irá dar a ignição no motor. Recomendo fazer isso com extremo cuidado e bem longe de casas e pessoas, pois é super-perigoso e as vezes explosivo.

O resto do foguete pode ser feito em "PVC" , e deverá ter sistema de para-quedas, plataforma de lançamento e etc...

Um bom local para lançamento de foguetes é na cidade de Brotas no "CEU" (centro de estudos do universo).

Veja abaixo um vídeo meu de teste estático (mal sucedido):

Perigo2.avi